Jogamos

Análise: Quebre tudo com os astros do MMA na análise de UFC Undisputed 3 (X360)

Games e esportes andam de mãos dadas desde o surgimento dos videogames e, antes mesmo do próprio Atari ter nascido, os esportes serviram d... (por Filipe Salles em 03/07/2013, via Xbox Blast)

Games e esportes andam de mãos dadas desde o surgimento dos videogames e, antes mesmo do próprio Atari ter nascido, os esportes serviram de inspiração para criação de novos jogos eletrônicos. Afinal de contas, o próprio Pong não é nada mais do que uma simulação do famoso tênis de mesa, popularmente conhecido como ping pong, daí o trocadilho.

Com o passar das gerações, cada vez mais modalidades de esporte tiveram sua conversão para a tela dos videogames e computadores. Futebol, basquete, fórmula um e muitos outros configuram nessa lista de esportes adaptados. E, em vista disso, é claro que as artes marciais mistas (conhecida pela sigla MMA), que ganhou popularidade exponencial ao longo dos últimos anos, não poderiam ficar de fora. Lançado pela extinta THQ em fevereiro do ano passado, UFC Undisputed 3 traz os maiores lutadores do UFC para trocarem sopapos no seu Xbox 360.

A feiúra retratada com exatidão

Imagine que seu trabalho é, literalmente, apanhar e bater o dia inteiro. Manter o rostinho bonito enquanto leva bordoada soa como uma missão impossível, certo? É o que acontece com a grande maioria dos lutadores desse famigerado esporte, como o “galã” Minotauro Nogueira.

Brincadeiras à parte, o que queremos dizer é que os modelos criados para a extensa lista de lutadores - composta por astros como Anderson Silva, Chael Sonnen, Brock Lesnar e José Aldo - foram reproduzidos de maneira fiel e você reconhecerá facilmente o seu lutador favorito. Se você é tão fã a ponto de conhecer os juízes oficiais do esporte, saiba que eles também estão presentes no jogo.

Construindo a carreira de um campeão

O principal modo de jogo de UFC Undisputed 3 é, sem dúvida, o modo carreira. Nele, você cria o seu próprio lutador do zero, configurando sua aparência e detalhes, como nome, idade e local de nascimento. Após acertar os detalhes, chega a hora de definir qual seu estilo de luta principal e sua categoria de peso. Escolher uma categoria de peso determina quais oponentes o jogador poderá enfrentar durante sua carreira. Não adianta criar um peso pena se seu sonho é dar uma surra no Chael Sonnen que é peso médio!

O ideal é que se escolha uma arte marcial base de acordo com o seu estilo. Se preferir levar o seu oponente ao chão e massacrá-lo, talvez o wrestling seja uma boa opção, ou, se a sua onda é derrotar o oponente com chutes e voadoras bem ao estilo Ken Masters, o caratê é a melhor pedida. Só não vale dar Hadouken! (Shoryuken pode, mas não espere que fogo saia das mãos do seu lutador)
Para os preguiçosos de plantão, também é possível selecionar um dos lutadores e recriar seus passos dentro do universo do MMA. Após a criação do personagem, você começará a trilhar o caminho para o cinturão, tendo que treinar os atributos de seu lutador, se afiliar a um ginásio para aprender e aperfeiçoar novos golpes e até mesmo montar sua estratégia de luta para derrotar todos os adversários à sua frente. Além disso, deverá também administrar a parte financeira de sua carreira, assinando com patrocinadores, que lhe darão bônus por utilizar roupas com sua marca, e comprando melhorias para o seu treinamento.

Abrange todos os aspectos, porém é complexo demais

Apesar de, à primeira vista, o esporte parecer mais com dois brutamontes se estapeando até cair, a verdade é que o MMA é um esporte bem complexo com diversas vertentes. Seus atletas precisam ser bons tanto lutando de pé quanto no chão, e, para isso, precisam dominar diversas artes marciais para serem aptos a lutar.

Com essa preocupação em mente, a THQ criou um jogo que reproduz o esporte com bastante fidelidade e sem a necessidade de apanharmos de verdade no processo. Porém, se por um lado não recebemos sopapos, por outro temos um jogo que não se aprende de uma hora para outra, e até aprender todos os aspectos da luta leva algum tempo.

Para não tornar o jogo impraticável para os iniciantes, cada técnica é explicada em um tutorial dividido de acordo com os níveis de dificuldade. Recomendamos fortemente que façam pelo menos as duas primeiras séries do  tutorial antes de partir para seu primeiro combate no octógono do UFC ou nas arenas do PRIDE.

Para quem quiser reviver os tempos áureos de Wanderlei Silva no PRIDE, UFC Undisputed 3 é sua melhor chance.

E na hora de brigar com os amigos...

Além do modo carreira, há também outros modos mais simples de se jogar, como o modo título, que é nada mais nada menos que o modo arcade visto nos outros jogos do gênero. Para quem quer um pouco de desafio, também pode encarar o modo Ultimate Fights, que recria lutas históricas do universo das artes marciais mistas.

Para quem gosta de juntar a galera para a jogatina, o jogo conta com o famigerado modo exibição, para trocar alguns sopapos sem compromisso, e também com o torneio, para aqueles que querem provar para os amigos quem é o maioral. Por fim, também é possível organizar um evento completo nos moldes do UFC, escolhendo a primeira luta, card preliminar, card principal e a partida da noite.

Infelizmente, com a dissolução da THQ, os servidores do jogo foram fechados e não é mais possível comprar DLCs e participar de combates pela rede. Porém, com os modos citados anteriormente nada o impede de trocar sopapos com seus amigos e ainda por cima tirar uma com a cara dele. E você? Pronto para montar o mais novo campeão do maior torneio de MMA do mundo? Agora que o novo jogo do UFC está nas mãos da EA, o que você acha que pode mudar? Compartilhe conosco!

Prós

  • Gráficos realistas e reprodução fiel dos atletas;
  • Modo carreira completo e desafiador;
  • Jogabilidade realista e abrangente, cobrindo todos os aspectos do esporte.

Contras

  • Complexo, além de exigir bastante aprendizado antes de se aventurar no octógono;
  • Os minigames de treinamento enjoam rápido;
  • Administrar a parte financeira da carreira se torna monótono rapidamente.
UFC Undisputed 3 - Xbox 360 - Nota final - 8,0
Revisão: Jaime Ninice
Filipe Salles é formado em Administração de Empresas pela UNIGRANRIO, joga videogame desde os quatro anos. Nerd assumido, adora falar sobre cultura geek e videogames, o que o levaram à redação do Xbox Blast e da PlayerTwo. Está no Facebook e Twitter.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook