Chega de três luzes vermelhas: Xbox One não irá superaquecer, diz Microsoft

Superaquecimento é uma palavra difícil de ler para quem comprou as primeiras versões do Xbox 360 , não? Segundo a Microsoft, problemas com... (por Guilherme Eric em 13/08/2013, via Xbox Blast)

Superaquecimento é uma palavra difícil de ler para quem comprou as primeiras versões do Xbox 360, não? Segundo a Microsoft, problemas com altas temperaturas no Xbox One não deverão existir.


O superaquecimento, provocado através de altas horas de jogatina, podem danificar o console. Para não ter esse tipo de problema no Xbox One, Leo del Castillo, gerente geral de desenvolvimento do console da Microsoft, confirmou ao Gizmodo que o Xbox One será capaz de controlar sua própria temperatura.

Além dos convencionais ventiladores internos que dissipam o calor, o novo console da Microsoft será capaz de controlar e diminuir o uso de sua própria energia quando for necessário, evitando o superaquecimento dos componentes.

A queda de energia, no entanto, poderá significar perda de performance em jogos mais pesados. Castillo ainda completou dizendo que os jogadores serão notificados caso algo esteja errado com o console.
Guilherme Eric manja um pouquinho de programação, mas seu negócio mesmo é escrever. Sobre jogos, que é o que tem de mais legal nessa dimensão. Além de ficar aqui pelo Xbox Blast, lê algumas HQs, mata uns zumbis em State of Decay e sonha em ganhar dinheiro jogando League of Legends.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook