Perfil

Conheça a misteriosa e imortal Theresa, irmã do lendário herói de Oakvale! (Fable)

Uma das franquias de RPG mais queridas pelos donos do Xbox, a série Fable conquistou fãs pela sua simplicidade e liberdade de ação e esc... (por Filipe Salles em 12/09/2013, via Xbox Blast)

Uma das franquias de RPG mais queridas pelos donos do Xbox, a série Fable conquistou fãs pela sua simplicidade e liberdade de ação e escolhas, além do carisma de seus personagens. Sua primeira edição nos permitiu interagir com as aventuras do herói de Oakvale pela terra de Albion, e seu último título, chamado Fable: The Journey propiciou uma experiência diferente da que estávamos acostumados, utilizando o Kinect para tal.


Nos cinco título da franquia, apenas uma personagem marcou presença em todos os jogos. Estamos falando da misteriosa Theresa, conhecida como a “Vidente cega”. Embora não controlável, a irmã mais velha do herói de Oakvale é a que possui maior relevância na história, embora seus motivos sejam incertos até o final do último jogo. Sua participação em todos os episódios da série a garantem entrada no exclusivo clube dos personagens “arroz de festa” do século, junto com Revolver Ocelot.
Obs: A partir daqui há chances de esbarrar com spoilers da série. Continue lendo por sua própria conta e risco!

A origem cruel de uma história que atravessa séculos

Apesar de ter idade para ser nossa tatatatata...ravó, a vida da profeta começou na vila pacata de Oakvale, onde era uma criança aparentemente normal, que vivia com seus pais e irmão mais novo, com quem passava a maior parte do tempo. Suas únicas queixas eram alguns sonhos estranhos, cujos conteúdos eram compartilhados apenas com seu irmãozinho. Mas o destino reservava um propósito maior para a menina.
Durante um ataque de bandidos liderados pelo vilão Jack of Blades, a menina foi capturada e, ao se negar a dar informações sobre o paradeiro de seu irmão, teve seus olhos cegados e foi deixada na floresta para morrer. Após alguns dias vagando sozinha, foi encontrada pelo bandido Twinblade, que, impressionado por seus poderes proféticos, colocou a então adolescente Theresa como seu braço direito dentro do bando.

Anos depois, o herói de Oakvale ouve boatos de que há uma vidente poderosa guiando um grupo de foras da lei. Vendo nela uma chance de encontrar sua irmã perdida, ele invade o acampamento e desafia o líder do bando para um duelo. Ao derrotá-lo, ele consegue conversar com a vidente, apenas para descobrir que ela mesma era sua irmã mais velha. A partir daí, Theresa passa a agir como uma guia para seu irmão e também para os heróis de Bowerstone (Fable II), Brightwall (Fable III) e o viajante Gabriel em Fable: the Journey (X360).

No quesito determinação, ninguém manja mais dos paranauês

Primeiro, um esclarecimento: determinação em Fable é a habilidade para executar magias (provendo da palavra na língua inglesa will, que também significa vontade, desejo, entre outros). E não há ninguém melhor em manipular as forças mágicas que regem Albion do que Theresa. Sua habilidade principal, aperfeiçoada em sua viagem pelo mundo nos séculos que separam Fable de Fable II, é sem dúvida sua capacidade de prever o futuro, e, o quanto mais forte ela estiver, mais longínquas e fortes são suas visões.

Apesar de sua cegueira, sua afinidade com a magia a permite enxergar outros mundos além do seu próprio. Embora utilize seus poderes para prever acontecimentos futuros e manipular os fatos para seus próprios ganhos, supõe-se que ela também seja capaz de se defender em combate. Porque ser imortal e viver durante séculos sem conseguir soltar uma bola de fogo não me parece legítimo.
Theresa e o irmão prontos para encarar o Jack of Blades

Curiosidades

  • Em Fable II, caso o herói utilize as famigeradas expressões perto da personagem, ela irá o dizer que tais gestos lembram alguém que ela conheceu a um longo tempo atrás, fazendo referência ao seu irmão, herói do primeiro jogo;
  • Theresa se assemelha bastante à Kreia, personagem de Star Wars: Knights of the Old Republic II: the Sith Lords (XB), por conta da maneira que utilizam suas habilidades para manipular os acontecimentos e guiar o personagem principal, além da cegueira e das vestes parecidas;
  • Outra referência que pode ter ajudado a construir Theresa é a personagem Tiresias, vinda da mitologia grega. Além da semelhança entre os nomes, o que a afirma como uma das inspirações usadas para a criação da poderosa feiticeira de Fable, além de também ser retratada como uma vidente cega e aparentemente imortal.
Revisão: Alan Murilo
Capa: Daniel Silva
Filipe Salles é formado em Administração de Empresas pela UNIGRANRIO, joga videogame desde os quatro anos. Nerd assumido, adora falar sobre cultura geek e videogames, o que o levaram à redação do Xbox Blast e da PlayerTwo. Está no Facebook e Twitter.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook