Microsoft explica por que seus consoles não se saem muito bem no mercado japonês

A Microsoft terá que trabalhar muito para fazer o Xbox One se fortalecer no mercado asiático. Isso porque a marca Xbox não é muito expre... (por Chibieska em 15/01/2014, via Xbox Blast)

A Microsoft terá que trabalhar muito para fazer o Xbox One se fortalecer no mercado asiático. Isso porque a marca Xbox não é muito expressiva nesse mercado, principalmente o japonês, é o que afirma Alan Bowman, vice-presidente da Microsoft Australasian (que inclui Austrália, Nova Zelândia, Nova Guiné e Indonésia).


Em entrevista ao Gameplanet, Bowman afirmou que ingressar no mercado japonês é um grande desafio, pois tanto a Sony como a Nintendo já têm suas marcas consolidadas e têm apoio dos consumidores.
"Ser uma marca local faz uma grande diferença no Japão. A Sony, por exemplo, é muito forte porque sua sede é lá e recebe muito apoio por parte dos consumidores e os produtores third party locais publicam em seus consoles."
Bowman diz que a falta de desenvolvedores locais produzindo conteúdo para o Xbox foi o fator responsável pela baixa popularidade do Xbox 360 no mercado oriental.
"Tivemos momentos no Xbox 360 onde poderíamos ter tido alguns picos de vendas se tivéssemos contado com conteúdos lançados por alguns produtores japoneses. O Japão está muito marcado pelos conteúdos locais. O mesmo se aplica à Coreia e Taiwan. A maioria da Ásia está muito marcada pelos conteúdos locais.”
Bowman finalizou informando que a Microsoft já entrou em contato com alguns desenvolvedores japoneses para lançar seus jogos para o Xbox One e que a iniciativa deve fazer com que o console se saia melhor em vendas que seu antecessor.

Fonte: Gameplanet
Chibieska escreve para o Xbox Blast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook