Diretor que "pôs a mão no fogo" pelo novo Xbox deixa Microsoft; Motivo da saída não foi confirmado

Esse é mais um daqueles casos onde um funcionário que dá o sangue e o suor pela empresa acaba sendo o mais prejudicado. Adam Orth, diretor... (por Alexandre Galvão em 11/04/2013, via Xbox Blast)

Esse é mais um daqueles casos onde um funcionário que dá o sangue e o suor pela empresa acaba sendo o mais prejudicado. Adam Orth, diretor da criação da Microsoft, deixou a empresa. Mas não foi confirmada a informação se ele foi demitido ou se "pediu pra sair". Orth defendeu fortemente a conexão permanente do novo console com a Internet, o que está sendo muito criticado pela mídia e pelos consumidores. A Microsoft não comenta sobre o assunto, mas emitiu uma declaração oficial sobre o caso para esclarecimentos.
"Nos desculpamos pelos comentários inapropriados de um empregado no Twitter ontem. Esta pessoa não é um porta-voz da Microsoft e sua opinião pessoal não refletem a visão de abordagem centrada no cliente que levamos para os nossos produtos ou a forma como nos comunicamos diretamente com nossos fiéis consumidores. Lamentamos muito se isto ofendeu alguém, no entanto, não fizemos nenhum anúncio sobre o nosso roadmap de produtos, e não temos nenhum comentário sobre este assunto".
 Fonte: GameInformer
Alexandre Galvão ou XelaoHerege (PSN) divide sua vida entre a graduação em Saneamento Ambiental pelo IFG, a organização da Liga N-Blast GO e aventuras no mundo gamer. Para ele, “é legal ser importante, mas o importante é ser legal”.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook