Item Box

Item Box: Vampire Killer (Castlevania)

Pense rápido: qual a arma mais eficaz contra vampiros? Se você pensou em estaca, alho ou prata, errou feio! O chicote Vampire Killer (Mata... (por Danilo Passos em 22/12/2012, via Xbox Blast)

Pense rápido: qual a arma mais eficaz contra vampiros? Se você pensou em estaca, alho ou prata, errou feio! O chicote Vampire Killer (Matador de Vampiros) é a arma mais letal contra vampiros que se tem notícia, tendo derrotado Drácula e seus lacaios por mais de um milênio! Conheça a história por trás dessa lendária arma. Leia mais no GameBlast.

Origem

Essa arma suprema contra vampiros teve uma origem humilde, tendo sido criada por Rinaldo Gandolfi antes dos eventos do jogo Castlevania: Lament of Innocence. De acordo com a história, Justine, filha de Rinaldo, foi transformada em vampira por Walter Bernhard, poderoso vampiro da época e dono do castelo. Depois de sua transformação, ela atacou e matou seu irmão e mãe em frente ao seu pai.

Como forma de se vingar, Rinaldo criou o Whip of Alchemy (Chicote de Alquimia) e pôs fim à sua filha. Porém, ao tentar atacar Walter, o chicote não surtia efeito algum. Intrigado por sua determinação e como forma de mostrar seu desprezo, Walter deixou Rinaldo viver em sua floresta, Eternal Night (Noite Eterna).

Leon Belmont, que teve sua amada Sara Trantoul raptada por Walter um dia antes do casamento, recebe o Whip of Alchemy de Rinaldo na esperança de poder resgatá-la. Depois de toda a sua aventura, Leon consegue resgatá-la, mas não sem antes ter sido contaminada. Para evitar a sua transformação, Sara prefere se sacrificar ao fazer um pacto de sangue e alma e assim unir sua alma amaldiçoada ao Whip of Alchemy, transformando-o na mais letal arma contra vampiros, criando a Vampire Killer.

Mas não se deixe enganar! Apesar de seu nome, a Vampire Killer é poderosa o bastante para matar outros demônios, inclusive a própria Morte.

Através dos Séculos 

Apesar de a Vampire Killer ter sido usada por séculos (entre 1094 e 1476) na caça a vampiros e demônios, ela só foi usada (até onde se tem notícia) para destruir Drácula somente em 1476 por Trevor Belmont, em Castlevania (NES).

Depois disso, ela foi passada de geração em geração pelos Belmonts até que, no século 18, Richter Belmont se tornou o portador dela. Depois de uma série de eventos, especialmente os de Castlevania: Symphony of the Night, a Vampire Killer desaparece sem muita explicação.

Ritcher Belmont com a Vampire Killer

Devido a esse vácuo na luta contra os vampiros, organizações como Ecclesia tomaram para si a luta contra Drácula. Eventualmente, descobre-se que, de acordo com uma profecia não muito bem explicada no material do jogo, os Belmonts não deveriam usá-la até que a hora da batalha final contra Drácula chegasse. Por conta disso, o clã Morris, descendentes distantes do Belmonts, passa a usá-la até que a hora chegasse. Porém, há um custo enorme: a Vampire Killer é letal para aqueles que não são diretamente da linhagem Belmont. E mesmo aqueles que são precisam provar seu valor antes que ela atinja o seu potencial. Fica implícito no jogo que alguns do clã Morris morreram por conta disso.

Para cumprir a profecia, a Vampire Killer retorna aos Belmonts em 1999, sendo usada por Julius Belmont na batalha final contra Drácula antes da virada do milênio, no que ficou conhecido como a Demon Castle War (Guerra do Castelo Demoníaco). Mas esse não seria o fim dela, sendo usada mais algumas vezes nos anos de 2035 e 2036, durante os eventos de Aria of Sorrow e Dawn of Sorrow.

A outra encarnação

Na versão alternativa da série, Castlevania: Lords of Shadow, sua origem é envolta em mistério. Ela é introduzida como Combat Cross (Cruz de Combate) e dada a Gabriel Belmont pela Brotherhood of Light (Irmandande da Luz) na sua luta para extinguir o mal que assola o mundo.

A Combat Cross possui várias melhorias que foram criadas por Rinaldo Gandolfi mas banidas pela ordem por serem consideradas brutais demais. Durante o jogo, Gabriel adquire essas melhorias e, no fim, uma última melhoria adiciona uma estaca no cabo da cruz, assim nomeando-a Vampire Killer.


A Vampire Killer completa

No fim, após adquirir poderes sobre-humanos, Gabriel destrói a Vampire Killer por não mais precisar dela e a deixa no submundo, logo após a batalha com o The Forgotten One (O Esquecido). Apesar disso, a Combat Cross aparece em imagens na continuação Mirror of Fate, indicando que a cruz é uma arma comum entre aqueles da Brotherhood of Light.

Trivia

- Vampire Killer é também o tema principal de Castlevania, sendo tocada e remixada na maioria dos jogos da série.

Revisão: Leandro Fernandes
Danilo Passos é graduado em Ciência de Computação e pós-graduado pela FGV em Gerenciamento de Projetos. Além de redator no Xbox Blast, é fundador e administrador do site Hyrule Legends, podendo ser encontrado no Facebook, no Twitter e no LinkedIn.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook