GameDev

GameDev #1: a sua coluna de game design

Em seus dias de glória no Nintendo Blast, a coluna GameDev despertou a curiosidade dos leitores pelo fantástico mundo dos game designers... (por Sergio Oliveira em 25/01/2013, via Xbox Blast)


GameDev #1: a sua coluna de game design
Em seus dias de glória no Nintendo Blast, a coluna GameDev despertou a curiosidade dos leitores pelo fantástico mundo dos game designers, ensinando-lhes conceitos de planejamento, criação e, principalmente, desenvolvimento de jogos. Agora, aqui no Xbox Blast, a coluna ressurge num reboot das publicações antigas – completamente revisadas e atualizadas – com novos temas, mais completos, técnicos e aprofundados. Se você é um curioso, se interessa pelo tema ou é simplesmente um sonhador que um dia deseja trabalhar com jogos, continue lendo!


Hoje o desenvolvimento de um jogo vai muito além da programação. Gráficos, enredo, história e uma boa trilha sonora são essenciais para o sucesso de um jogo.
Hoje a indústria dos videogames é uma das que mais faturam em todo o mundo. Chegamos a um ponto em que jogos são lançados quase que diariamente. Nascida há pouco mais de 45 anos, hoje essa indústria está presente em inúmeros países ao redor do mundo, empregando milhares de pessoas e encantando milhares de outras, que cada vez mais se rendem ao prazer de jogar um videogame. O interessante é que uma grande parcela dessas pessoas que se divertem jogando, acabam cogitando a possibilidade de ganhar dinheiro com jogos – seja jogando ou produzindo-os.

É aí que surge o sonho. Quem nunca pensou em levar essa “vida boa” que atire a primeira pedra. Até hoje ainda lembro-me da época do primeiro console, época em que sonhava em trabalhar fazendo algo tão divertido quanto os melhores jogos de plataforma e luta que existiam. Achava tudo muito legal, bonito e divertido, então porque não ganhar dinheiro com isso, certo?

Acredito que muita gente já tenha tido esse pensamento e que alguns (na realidade muito poucos) estejam ganhando a vida dessa forma. A grande maioria desiste do sonho ao se deparar com a pergunta: por onde devo começar? Na realidade essa é uma pergunta difícil de ser respondida, até mesmo porque muitos pensam que poderão desenvolver um jogo como Gears of War, Assassin’s Creed, ou Forza do dia para a noite. Tal pensamento é tão comum quanto errado e surge principalmente para quem não conhece a área ou acha que fazer um jogo é apenas clicar e arrastar sprites dentro de uma tela e controlá-los com um controle ou teclado. A realidade é muito mais complexa, exigindo planejamento, produção gráfica elaboradíssima, várias linhas de código computacional, cálculos para localização dos personagens e para a física do jogo (só para enumerar).

A coluna

Dentro desse contexto é que surge a coluna GameDev, que tratará de assuntos específicos da indústria dos vídeogames, mas de um prisma diferente: ao invés da visão comum de consumidor/gamer, passaremos a ver um pouco o lado do profissional da área! A cada nova matéria, traremos para você, leitor, um pouco da realidade daqueles que fazem aquilo que você joga, do que lhe diverte, tudo de maneira simples e acessível à todos.

Para alcançar o nível de detalhe dos jogos atuais é preciso muito feijão com arroz. E nós começarmos por ele.
Mostraremos como funciona a produção de um jogo, o que rola nos bastidores, os tipos de profissionais que estão por trás dessas verdadeiras obras de arte que jogamos hoje em dia e o que cada um deles faz. Como é o processo do desenvolvimento de um jogo, desde a concepção da ideia, passando pela pré-produção, produção e ciclo de vida. E, a melhor parte de todas, vamos fazer nosso primeiro jogo para computador!

Para chegarmos até a fase de desenvolvermos nosso primeiro jogo, indicaremos tutoriais e e-books que poderão ser utilizados como material de apoio à introdução a programação e à linguagem de programação que utilizaremos nos exemplos – no nosso caso C# com XNA. Por falar em exemplos, todos eles serão detalhados e explicados da maneira mais simples possível, para que aqueles que não são familiarizados com o assunto tenham a chance de compreender o que está sendo feito. No entanto, é importante ressaltar que o nível de compreensão depende muito mais do esforço e interesse de cada um do que das palavras deste autor.

O nosso objetivo não é formar pessoas completamente capazes de desenvolver um jogo fenomenal, digno de indústria, mas tirar as principais dúvidas e iniciar aqueles que têm interesse e desejam seguir carreira nessa área, que convenhamos, é muito interessante! Portanto, vão se preparando! Teremos muito assunto a tratar e muito trabalho a fazer. Não deixe de acompanhar!

Confira a 2ª edição da coluna GameDev

Revisão: José Carlos Batista
Sergio Oliveira escreve para o Xbox Blast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook