Perfil

Perfil: Jim (Earthworm Jim)

O que vem a mente ao pensar em uma minhoca? Provavelmente nojo ou indiferença, mas nunca a imagem de um protagonista de um jogo de videogame... (por Alberto Canen em 13/11/2012, via Xbox Blast)

O que vem a mente ao pensar em uma minhoca? Provavelmente nojo ou indiferença, mas nunca a imagem de um protagonista de um jogo de videogame. Entretanto, antropomorfizar um animal e transformá-lo em um personagem heróico e engraçado estava na moda nos anos 1990, graças às Tartarugas Ninja (TMNT), que estavam fazendo um enorme sucesso naquela época. Influenciado por elas, Dave Perry contratou Douglas TenNapel que criou todo o conceito de uma minhoca bem humorada, dotada de um super traje que lhe concebia poderes incríveis. Seu nome era Jim, ou como ficou bem conhecido: Earthworm Jim.



Apesar de TenNapel ter sido o criador artístico que deu vida ao nosso herói invertebrado, ele não teria feito tanto sucesso se não tivesse um programador de talento por trás de seus movimentos e do próprio jogo. Essa função tão importante ficou a cargo do próprio Dave Perry, um dos fundadores da Shiny Entertainment, empresa que desenvolveu Earthworm Jim para o Mega Drive, lançado em 2 de agosto de 1994, e depois o portou para diversos outros consoles, como o Super Nintendo.


Do lixão ao espaço


Nem sempre Jim foi o herói intergaláctico do qual todos somos fãs (ao menos eu sou). Ele era apenas uma minhoca comum, que vivia em um lixão na região sul dos Estados Unidos, quando em um belo dia um super traje espacial caiu próximo a ele, concedendo-lhe poderes especiais e inteligência superior. Bom, ao menos superior a de uma minhoca, pois Jim é chegado em uma trapalhada das mais toscas, como conseguir atirar na própria cara, só por estar brincando com seu super revólver.

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=820iArZ6pS0[/youtube]

O pirata intergaláctico Psy-Crow também estava atrás do super traje e por isso está sempre tentando roubá-lo de Jim. Podemos ver os dois se enfrentando em diversas corridas espaciais, nas quais Jim faz uso de seu foguete de bolso para encarar o racha. Até mesmo lutas mano a mano ocorrem entre os dois rivais, nas vezes em que Psy-Crow vence as corridas. Esse corvo super desenvolvido é certamente o maior inimigo do nosso herói, que comemora muito, no melhor estilo cowboy, toda vez que vence uma das disputas com o vilão de penas negras.



Além de seu foguete de bolso, Jim ainda possui duas formas de ataque: uma super pistola de raios e um chicote, ou melhor, ele mesmo é usado como chicote, quando uma mão de seu traje o pega para açoitar os inimigos. Fora isso, ele ainda age como um helicóptero, girando a si mesmo como uma hélice para conseguir planar um pouco e saltar mais distante. Uma habilidade muito conveniente, mas que deve dar uma bela dor de cabeça (!). Mas vale lembrar que sem o seu traje, Jim é apenas uma minhoca normal e quando ele a perde, o melhor que tem a fazer é fugir dos inimigos até conseguir a sua roupa high tech de volta.


Humor extravagante


A característica mais marcante de Jim, bem como de todos os personagens que fazem parte de seu universo, é o humor bizarro. Mas não de uma forma grotesca ou de mau gosto, pelo contrário, cada situação em que nosso protagonista está envolvido está permeada de acontecimentos muito engraçados, que o tornam um personagem extremamente carismático.

Existe muita sátira em torno do nosso herói, como a sua missão de salvar a princesa "What's-Her-Name" (qual-o-nome-dela), um "objeto de afeição tão grande que ninguém consegue lembrar seu nome." Uma clara alusão ao típico clichê de "salvar a princesa". Mais inusitado que isso apenas o nome da irmã dela, que é inimiga de Jim, a Rainha "Pulsating, Bloated, Festering, Sweaty, Pus-filled, Malformed, Slug-For-A-Butt" (Pulsante, Inchada, Apodrecida, Suada, Cheia de pus, Malformada, Lesma-como-Bunda).


O sucesso de Jim foi enorme, ganhando uma lugar entre os grandes heróis dos videogames, até mesmo chegando a estrelar o seu próprio desenho animado. Mesmo que hoje em dia ele não esteja tão em alta, ainda recebeu um remake em alta definição em 2010. Como o próprio Dave Perry já demonstrou ter interesse em continuar a saga do maior super-herói invertebrado do mundo dos games, ficamos na expectativa que um dia Jim possa fazer o seu retorno triunfal.

Jogos em que teve participação



  • Earthworm Jim, Genesis (1994);

  • Earthworm Jim, SNES (1994);

  • Earthworm Jim 2, Genesis (1995);

  • Earthworm Jim 2, SNES (1995);

  • Earthworm Jim Special Edition, Sega CD (1995);

  • Earthworm Jim, Game Boy (1995);

  • Earthworm Jim, PC (1995);

  • Earthworm Jim 1 & 2: The Whole Can ‘O Worms, PC (1996);

  • Earthworm Jim, Game Boy Color (1997);

  • Earthworm Jim 3D, N64 (1999);

  • Earthworm Jim 3D, PC (2000);

  • Earthworm Jim, Game Boy Advance (2001);

  • Earthworm Jim 2, Game Boy Advance (2002);

  • Earthworm Jim HD, PS3/X360 (2010).

Revisão: Bruno Nominato
Alberto Canen é formado em Direito pela UFRN. Joga videogame desde os tempos do Atari e sempre acompanha as novidades na indústria de jogos. Está no Facebook e no Twitter.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook