Xbox One ainda vai precisar de uma conexão com internet para funcionar

O rumor que mais preocupava os jogadores, infelizmente, foi confirmado: o console precisará em algum momento estar conectado a internet. ... (por Ighor Henrique em 22/05/2013, via Xbox Blast)

O rumor que mais preocupava os jogadores, infelizmente, foi confirmado: o console precisará em algum momento estar conectado a internet. Diferente do que se especulava não será uma conexão "sempre online", mas ao invés disso uma conexão periódica.

Durante a rodada de perguntas e respostas, após evento de ontem, um representante da Microsoft afirmou categoricamente que não será necessário estar sempre online, mas que o Xbox One exigirá uma conexão com a internet. Já Phil Harrison, vice-presidente da Microsoft, explicou a questão de uma forma um pouco melhor ao pessoal do Kotaku US.
“Para os jogos single player que não necessitam da Xbox Live, você vai poder jogar sem interrupção caso a internet caia. Filmes em Blu-ray e outros entretenimentos via download devem continuar acessíveis quando sua conexão com a internet for interrompida . Mas o dispositivo é fundamentalmente concebido para ser ampliado e melhorado pela internet, como muitos outros aparelhos são.”
O problema dessa afirmação é que gentilmente ela esquece do fato de que o console e seus jogos precisarão conectar-se a internet pelo menos uma vez para ativar um código necessário para liberar a instalação de jogos no disco rígido do Xbox One. E como todos nós sabemos não será possível rodar jogos a partir da mídia física sendo sempre necessário instalá-los no videogame.

Além disso, no prosseguir da entrevista ao Kotaku US, Harrison, confirma que haverá um limite de tempo após se perder a conexão.
- Se eu estou jogando um jogo single player, eu tenho que estar on-line pelo menos uma vez por hora, ou algo assim? Ou posso ficar semanas sem me conectar?
- Eu acredito que o limite é de 24 horas.
- Eu teria que ficar on-line uma vez por dia?
- Correto.
Por fim, em comunicado ao site Polygon, representantes da Microsoft deixam a situação um pouco mais confusa ao dizer que as afirmações de Harrison só contemplam apenas alguns dos "possíveis cenários". 
"Enquanto Phil [Harrison] discutiu muitos dos possíveis cenários em torno dos jogos de Xbox One, hoje, podemos apenas confirmar que nós projetamos um Xbox One que permita que os nossos clientes possam trocar e revender seus jogos no varejo."
Apesar de parecer bem precisas as afirmações do vice-presidente da Microsoft acabam por deixar tantas dúvidas que voltamos a estaca inicial onde pouco se sabia sobre as possibilidades do sucessor do Xbox 360. Por enquanto o que consegue se confirmar com tantas declarações é que o Xbox One será sim um console inútil se não dispuser de uma conexão com internet. A dúvida agora é o quanto vamos precisar está conectados?


Fonte: Kotaku US/BR e Polygon
Ighor Henrique é um carioca qualquer na graduação de Filosofia da UniRio que em seu tempo livre joga e escreve sobre videogames noXbox Blast. Sempre que possível dá uma passada no Twitter para bater um papo com a galera de lá.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook