Confira mais detalhes sobre os serviços e funcionalidades do Xbox One

Após a polêmica revelação do Xbox One , o próximo console da marca Xbox , várias dúvidas foram surgindo e muitas delas ainda não foram res... (por Gustavo Dourado em 08/06/2013, via Xbox Blast)

Após a polêmica revelação do Xbox One, o próximo console da marca Xbox, várias dúvidas foram surgindo e muitas delas ainda não foram respondidas. Visando isto, a Microsoft disponibilizou três páginas diferentes sobre alguns dos tópicos que as pessoas mais possuem dúvidas, para um melhor entendimento. As páginas explicam, com certos detalhes, algumas funcionalidades presentes no console e o objetivo da empresa com a tamanha interação apresentada pelo aparelho.

Segundo o informado, o jogador poderá ter acesso a seus jogos, de um outro console, sem que este seja seu, ou seja, você poderá jogar o jogo no console de outra pessoa desde que esteja conectado à sua conta na Live. Isto se deve ao fato de que todos os jogos que você instalar no console também serão automaticamente salvos no Cloud, fazendo com que você possa acessá-lo de qualquer lugar.

Você poderá, também, dar acesso livre para amigos e familiares a seus jogos, assim eles poderão jogar seus jogos, desde que estes sejam compartilhados. Isso poderia substituir o empréstimo de jogos, algo que foi muito criticado no console. Este direito se estende a até dez pessoas.

O jogador poderá trocar ou vender livremente algum jogo, desde que este seja vendido para uma loja parceira, ou que possua alguma ligação com a Microsoft. Com isso, o consumidor poderá receber créditos (provavelmente via Live) e dinheiro, para a aquisição (ou não) de um novo jogo.

A empresa ainda ressalta que:
"Sendo uma empresa que também distribui jogos, a Microsoft Studios lhe dará o direito de revender seus jogos de Xbox One em uma loja que participe de nossa rede. Empresas third party podem optar por autorizar ou não a revenda dos jogos, de modo que faça algum acordo com as lojas A Microsoft não possui nenhum lucro neste ato. Ao invés disso, as empresas podem optar por deixar que o usuário ceda seu jogo para outro. Empréstimos ou avaliações não estarão presentes logo no lançamento, mas estamos vendo tais possibilidades com as empresas."
O Xbox One foi feito para poder funcionar com baixo consumo de energia e conexão constante, ou seja, mesmo "desligado", seu console fará atualizações automáticas de sistema, aplicativos e jogos, isto facilitará e agilizará a inicialização de tal jogo ou aplicativo, sem que o jogador tenha dores de cabeça com longas esperas nas atualizações de grande porte.

O console possui duas antenas wireless de alta frequência, impossibilitando assim as interferências, sejam por microondas ou pela comunicação via bluetooth de outros aparelhos. Ele poderá ser acessado via aparelhos mobile (smartphones, tablets, etc.) para que o jogador tenha total controle e esteja informado do conteúdo que seu aparelho possui e exibe.

Para poder apresentar todas as funcionalidades e todo o vasto conteúdo que o console oferece, há alguns requerimentos, tais estes como: uma conexão mínima de 1.5Mbps, esta podendo vir de modens portáteis e conectar o console a Internet ao menos uma vez a cada 24h, pois o console faz checagens automáticas de atualizações nesse período de tempo. Há a possibilidade de que haja jogos que necessitem de uma conexão contínua para seu funcionamento.

A empresa ressalta que:
"No Xbox One, você poderá jogar offline durante 24h no console e durante 1h via algum outro aparelho que esteja acessando sua conta e que não seja o principal. As jogatinas offline não poderão ser efetuadas após este período, impossibilitando que você jogue algum jogo, mas ainda poderá assistir à TV e desfrutar de seus filmes em DVD e Blu-ray, ou seja ele ainda estará funcional."
A Microsoft prioriza e preza pela privacidade de seus consumidores, tanto que disponibilizou ao usuário a maneira que preferir para configurar o Kinect, tal esta que pode ser tanto automática quanto manual, priorizando a preferência do usuário.

O usuário poderá decidir o quanto o Kinect poderá ouvir e ver, de modo que, por exemplo, se você estiver tendo alguma conversa em sua sala de estar, lugar este em que se encontra o aparelho, o Kinect não recordará a sua voz ou seus movimentos a menos que você o diga para fazê-lo. Há também a possibilidade de "desativar" o Kinect enquanto o console não estiver sendo utilizado pronunciando as palavras "Xbox desligar", com isso o console entrará em modo de espera e o Kinect apenas "enxergará" algo se as palavras "Xbox ligar" forem pronunciadas. Há a possibilidade de que alguns jogos necessitarão do aparelho ligado em tempo integral para rodarem.

O Kinect poderá recordar desde sua voz, expressão facial e movimentos, até seus batimentos cardíacos, mas ele apenas poderá compartilhar isso na Internet com a sua autorização, fazendo assim com que nenhum dado do usuário seja comprometido.

O aparelho poderá responder não somente aos comandos de voz, mas também aos controles remotos e outros aparelhos, como tablets e smartphones, mesmo se o Kinect estiver "desativado".

A empresa ainda diz que:
"Como estamos em um período de transição de gerações e entretenimento e estas vivem ocorrendo, tais políticas podem ser alteradas, para garantir a satisfação de nosso público e de nossos parceiros, bem como alguns recursos podem perder sua presença com o tempo. Com o Xbox, nós sempre acreditamos em um mundo totalmente conectado incluindo videogames e entretenimento (geral). Com o Xbox One, estamos estamos visando um futuro conectado. Mal podemos esperar para mostrar isso a vocês."
Fontes: Xbox Official Site/Major Nelson/Kotaku 
Gustavo Dourado é estudante do Ensino Médio e fissurado por tecnologia e games. Adora animações e quadrinhos japoneses, além de filmes de todas as partes do mundo. Ama RPGs, sejam eles de mesa ou digitais e desafia qualquer game que lhe desperta algum interesse.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook