Com Halo, Fable e Xbox One, Microsoft abre as conferências Pré-E3

Microsoft abre as conferências pré-E3 com uma sequência de jogos de tirar o fôlego

Era impossível negar, a Microsoft tinha um enorme peso nas costas para se livrar nessa E3. Depois de apresentações desastrosas no ano passado, a empresa precisava dessa conferência para mostrar a força de seu novo console perante a concorrência. E foi exatamente isso que a ela fez. Com uma sequência frenética de novos anúncios e a volta de jogos já apresentados, a equipe Xbox foi capaz de tirar o fôlego das pessoas que viram a apresentação.

Foco nos jogos

Se a falta de foco nos jogos do console foi o grande erro da Microsoft no ano em que passou, essa mostrou que não estava disposta a errar novamente. Logo no começo, Phil Spencer subiu ao palco para prometer que essa apresentação teria foco total nos jogos para o Xbox One e foi exatamente isso que a equipe Xbox entregou.

Primeiramente, para surpresa de poucos, foi mostrado o novo Call of Duty: Advanced Warfare, que terá parte de seu conteúdo acessível primeiramente no Xbox One. Foi possível ver uma pequena cutscene seguida de um empolgante gameplay. Nele era pudemos ver algumas das novas armas e artefatos presentes na série como alguns robôs gigantes e um assombroso enxame de drones (lembrando a invasão à cidade das máquinas da série Matrix).

É hora de exclusivos

Teremos agora que quebrar a ordem cronológica da apresentação para poder apresentar um dos seus maiores pontos positivos: os exclusivos. O primeiro a ser anunciado foi Forza Horizon 2 que contará com mais de 200 carros em um mundo totalmente aberto e explorável que contará com um mecanismo de mudança de clima dinâmico. Os gráficos apresentados foram de uma qualidade ímpar, característica da série, e ajudam a fazer de Forza um dos lançamentos mais aguardados do ano.

O próximo exclusivo apresentado foi Sunset Overdrive e posso dizer com segurança que foi uma das apresentações mais hilárias que já vistas em conferências pré-E3. Com um gameplay que parece uma mistura da série Tony Hawk com um TPS, Sunset surpreendeu pela jogabilidade fluida e, é claro, pelo bom humor que já virou marca do futuro lançamento. Com um trailer divertidíssimo (onde o protagonista quebra a quarta parede repetidas vezes), o game se mostra um exclusivo forte e que atrairá muitos jogadores para console da Microsoft.
Depois de um trailer muito engraçado, enquanto o público esperava algo mais sério, a Capcom chegou para terminar de “espalhar a zueira” com seu novo DLC para Dead Rising 3 (exclusivo para Xbox One: Super Ultra Dead Rising 3 Arcade Remix Hyper Edition DX Plus Alpha. Com uma clara piada as diferentes versões de Street Figher 4, no DLC será possível se fantasiar com esses e outros personagens da Capcom em diversas novas missões.

Chegou a vez então de Fable Legends, novo título de uma das mais antigas franquias exclusivas da empresa. Com uma mecânica de jogo super interessante, foi apresentado que você e mais três amigos poderão jogar de forma cooperativa em uma “dungeon” criada por… outro jogador!. Isso mesmo, um quinto player poderá assumir o papel de vilão e fazer de tudo para infernizar a vida dos quatro heróis.
A microsoft também apresentou um jogo indie exclusivo para seu novo console denominado Ori and the Blind Forest. Não foi possível ver muito do gameplay pelo vídeo exceto um lindo visual sombrio, característico de jogos como Limbo (que também teve seu momento na apresentação) que com certeza atrairá os fãs do cenário indie.

Por mais incrível que possa parecer, um dos maiores destaques entre os exclusivos não foi um jogo inédito. Master Chief Collection, que chega no fim desse ano ao Xbox One, será uma coletânea fantástica dos quatro jogos da franquia Halo lançados até hoje, sendo o primeiro título a permitir visitar a lendária série em apenas um console. E o melhor? Quem comprar o pacote terá a chance de experimentar em primeira mão o multiplayer do novo Halo 5 no início do ano que vem.

Mais para o fim da conferência tivemos a volta de duas franquias anunciadas como exclusivas do Xbox One. A primeira é Phantom Dust, um jogo originalmente lançado para Xbox e que teve um pequeno trailer anunciado. A segunda é CrackDown jogo lançado originalmente para Xbox 360 e que contou com um trailer alucinante onde mais de metade da cidade era destruída com o intuito de assassinar apenas um vilão.

Mas uma das maiores surpresas ficou por conta do novo exclusivo da Platinum Games: ScaleBound. Com uma cutscene que lembrou muito os jogos da franquia Monster Hunter (e um personagem que parecia muito com o novo Dante da série DmC) o jogo promete ser um dos grandes destaques do console para o ano que vem.

Os multiplataforma também ganham destaque

O primeiro jogo multiplataforma a dar as caras na conferência foi Evolve da Turtle Rock Studios. Com um trailer curto foi possível ver um pouco mais do gameplay do jogo além de dar uma olhada nas classes disponíveis. Além das classes humanas Assault, Trapper, Medic e Suporte, foi anunciado que será possível controlar os monstros da série no ataque contra os humanos.

Em seguida tivemos o novo Assassins Creed Unity com seu primeiro vídeo de gameplay. Nele foi possível ver que o próximo jogo da franquia contará com um co-op de até 4 jogadores, permitindo estratégias nunca antes vistas na série. Outro destaque ficou por conta da ambientação e a enorme plateia presente no caminho do jogador.

Dragon Age: Inquisition, que contará com alguns conteúdos exclusivos para Xbox One, foi o próximo a aparecer, mostrando um trailer de tirar o fôlego e que certamente empolgou os fãs da série e de RPG’s em geral. Foi possível ver algumas armas e feitiços que estarão à disposição dos jogadores além, é claro, de alguns enormes dragões.
Lembra que eu disse que Limbo teve sua vez na conferência? Na verdade foi a PlayDead, empresa responsável pelo título, que anunciou pela primeira vez seu novo jogo: Inside. Com o mesmo visual característico de Limbo o jogo mostrou cenas em que o protagonista, um jovem garoto, fugia do que parecia ser um regime opressor. É válido lembrar que essa grande promessa do cenário indie chegará primeiro ao console da Microsoft.

E quem disse que os multiplataformas não renderiam algumas surpresas? Logo após a apresentação de Inside foi possível ver pela primeira vez o trailer da nova aventura de Lara Croft: Rise of the Tomb Raider. Uma grata surpresa para os fãs da série que poderão ver a protagonista na nova geração.

O próximo jogo a ser apresentado foi The Witcher 3: Wild Hunt. Com um trecho de gameplay a CD projekt RED foi ao palco da conferência para mostra o porque de seu jogo ser um dos mais desejados lançamentos do ano que vem. Foi possível ver o protagonista, Geralt of Rivia, caçando um enorme grifo, além de salvar uma donzela em uma side quest.

Para encerrar a vez dos jogos multiplataforma tivemos mais um pouco de Tom Clancy: The Division. O jogo, que fora anunciado na E3 do ano passado, contou agora com um bom pedaço de gameplay onde podemos ver o combate estratégico característico da franquia além é claro de alguns apetrechos disponíveis (como, mais uma vez, drones).
É válido lembrar que a Microsoft também deu um breve espaço para jogos indies menos conhecidos, em um apanhado do que poderá ser visto no console:

Uma conferência de tirar o fôlego

Se a Microsoft devia algo após o fracassado ano de 2013 essa E3 veio para mostrar que isso foi apenas um acaso. Com uma apresentação onde apenas jogos foram focados a empresa mostrou ao público pela primeira vez o verdadeiro poder do seu console, e mostra que ele pode sim competir como o grande videogame dessa geração.

Revisão: Bruno Grisci
Capa: Doug Fernandes
João Pedro Meireles é graduando em Engenharia de Computação na UFRGS. Viciado em jogos, em especial Mobas e RTS, passou boa parte da vida jogando-os e pesquisando sobre aqueles que não teve tempo de jogar, o que o levou a virar redator do Xbox Blast.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook