Hands-on

Forza Motorsport 6 (XBO) traz o Ford GT 2015 para Los Angeles

Franquia chega à sua sexta edição mantendo a qualidade já conhecia. E de volta ao Rio de Janeiro.

Depois de Levar Henry Ford III e o Fort GT 2015 para o Galen Center durante a conferência da Microsoft na E3 2015, pudemos ver todo o potencial do carro e de Forza Motorsport 6 no estande do Xbox na feira.

Como já era de se esperar, o jogo está rodando a maravilhosos 60 fps, como já havia sido feito pelo seu antecessor, Forza Motorsport 5 (XBO), mas com uma fluidez e interfaces ainda melhores que o antecessor. É claro que em uma demo é difícil de entrar em minúcias a respeito de detalhes acerca das pistas, mas é seguro afirmar que a Turn 10 Studios fez seu trabalho com qualidade mais uma vez.

Correndo no Rio de Janeiro

Foi surpreendente para mim, um carioca, descobrir que a pista da demo é justamente nas ruas do Rio de Janeiro. A cidade não aparecia desde a primeira versão da franquia, e seu retorno foi feito com uma fidelidade jamais vista em algum jogo de corrida, no que diz respeito ao posicionamento dos monumentos e pontos turísticos da cidade. Um dos desenvolvedores nos afirmou que a equipe esteve presente na cidade para capturar imagens com fotos, técnicas de laser e outros, garantindo assim realismo no mapa.

Cockpits!

Além da opção de jogar no próprio Xbox One, utilizando o novo controle anunciado esta semana, ainda há a presença de dois cockpits no evento, cada um com três telas para fornecer ampla visão para aqueles que querem experimentar o máximo de realismo ao jogar. Neste espaço, a recomendação óbvia é de jogar em primeira pessoa.

Para quem está aguardando uma sequência a altura da franquia Forza, é certo que teremos uma experiência grande no dia 15 de setembro, quando lança o jogo.

Revisão: Alberto Canen
Roberto Rezende é engenheiro de computação e brinca de game designer nos tempos vagos. Acha que Mega Man X4 é o melhor jogo já feito e acha Battletoads o jogo mais superestimado da história. No pouco tempo que sobra, faz reflexões no Juiz Cachorro. Está no Facebook, mas fala muito mesmo no Twitter.

Comentários

Fórum
Google+
Facebook