Jogamos

Análise: Saiba por que Forza Motorsport 5 (XBO) é o simulador mais realista de todos os tempos!

Forza Motorsport é uma franquia que nasceu desacreditada. Tendo sua primeira versão lançada em 2005 para o primeiro Xbox, o simulador v... (por Gabriel Vlatkovic em 29/12/2013, via Xbox Blast)


Forza Motorsport é uma franquia que nasceu desacreditada. Tendo sua primeira versão lançada em 2005 para o primeiro Xbox, o simulador vinha com a dura missão de desbancar Gran Turismo, série que reinava absoluta no gênero e isto parecia ser uma das missões mais difíceis já dadas a um jogo em toda a história dos videogames, já que a franquia da Polyphony Digital beirava a perfeição e era referência para qualquer um quando o assunto era jogos de corrida. Quase dez anos se passaram e muita coisa mudou desde então: a Nintendo voltou à liderança na corrida dos consoles e voltou a decair, a Sony passou por diversas turbulências com o seu PlayStation 3 até que o console de fato decolasse, a Microsoft encontrou, cada vez mais o seu lugar ao sol e pasme: Forza Motorsport não só se igualou a Gran Turismo como superou a franquia exclusiva da Sony em praticamente todos os aspectos possíveis! Com a chegada da nova geração, a Turn 10 tratou de desenvolver mais um título da franquia para que o novo console da Microsoft estreasse com estilo e o resultado, como não poderia deixar de ser, foi incrível!


Uma carta de amor aos amantes do automobilismo

Logo ao iniciar o jogo pela primeira vez já dá para perceber que a Turn 10 não desejava criar apenas um jogo de videogame, mas uma verdadeira enciclopédia para amantes de carros. Com uma grande quantidade de vídeos que contam a histórias dos mais importantes veículos e fabricantes do mundo, Forza Motorsport 5 funciona como uma grande aula da história do automobilismo, já que a abrangência dos vídeos é enorme e vão desde o início do século XX até os dias de hoje. É claro que nem todos se interessam por esse tipo de informação e desejam apenas disputar corridas eletrizantes por lindos circuitos espalhados pelo mundo, então se você for uma dessas pessoas, fique tranquilo: o jogo possui conteúdo de sobra e os vídeos são todos opcionais.

Forza se tornou uma franquia de peso
Apesar de não possuir tantos circuitos e veículos como Forza Motorsport 4, provavelmente pela falta de tempo hábil para produzir tudo até o lançamento do Xbox One, o título conta com catorze circuitos e cerca de duzentos veículos que podem ser personalizados da forma que os jogadores desejarem. Os designs elaborados pelos jogadores podem ser compartilhados via Xbox Live para que corredores de todo o mundo possam utilizá-los em seus próprios veículos, o que aumenta exponencialmente as possibilidades de customização de cada possante presente no jogo. Além disso, novas peças podem ser adquiridas com o dinheiro recebido como recompensa ao final de cada prova.

Apesar de excelente, o jogo sofre com a falta de conteúdo se comparado a seu antecessor
Infelizmente, apesar de parecer (e ser) imenso, é um pouco decepcionante que certas coisas ficaram faltando em relação ao título anterior da série. Em primeiro lugar, não há corridas noturnas ou com variações climáticas, o que diminui bastante os elementos estratégicos presentes na franquia sobre que carros e ajustes utilizar para cada prova. Além disso, os duzentos carros disponíveis podem parecer muitos se analisados sem comparar com nenhum outro título da franquia, contudo Forza Motorsport 4 contava com mais de seiscentos veículos à disposição dos jogadores. É um pouco triste constatar que a pressa em lançar o jogo simultaneamente ao novo console fez com que muito conteúdo fosse simplesmente cortado do pacote.

A revolução do Drivatar

Uma das maiores inovações de Forza Motorsport 5 é o Drivatar, sistema que captura o comportamento de cada jogador do título e o incorpora às corridas para um jogador de qualquer um. Isso mesmo! Diga adeus à velha inteligência artificial e prepare-se para correr com jogadores de verdade mesmo quando estiver jogando no modo para um jogador.

Com o Drivatar suas corridas nunca mais serão as mesmas!
Após algumas provas, o jogo lhe perguntará se deseja que seu Drivatar seja compartilhado nos servidores do jogo. Caso você diga que sim, seu “eu virtual” participará de provas de jogadores de todo o mundo e melhor, lhe renderá pontos de experiência que afetam diretamente seu nível que, assim como em RPGs, sobe com o acumulo de pontos. Além disso, é possível selecionar a dificuldade dos “Drivatares” que serão seus competidores, de maneira que quanto mais difíceis, maior a recompensa em dinheiro e pontos de experiência.

Agindo sempre de forma imprevisível, os competidores não têm piedade dos jogadores
Além de muito inovador, o Drivatar torna Forza Motorsport 5 um jogo único e extremamente dinâmico, já que não é possível decorar os padrões da inteligência artificial, já que cada competidor é imprevisível e pode correr de formas surpreendentes. A funcionalidade é tão incrível que penso que de agora para frente, simuladores sem algo parecido com o Drivatar estarão ultrapassados.

Jogabilidade refinada

Uma das certezas que temos ao jogar um título de corrida desenvolvido pela Turn 10 é que a jogabilidade será perfeita e, felizmente, nada mudou no novo Forza. Cada veículo disponível no jogo possui nuances que tornam seu controle único, mas cada um deles muito preciso a sua maneira. Se um carro parecer difícil de controlar, a culpa dificilmente será do jogo, mas sim da inabilidade do jogador em pilotá-lo, algo que virá com muito treino e dedicação, como tudo em Forza, um jogo que exige que o jogador dê muita atenção a ele para que seja plenamente aproveitado.

Como sempre, a jogabilidade de Forza é praticamente perfeita
Além de precisa e confortável, a jogabilidade ainda utiliza uma das mais legais novidades do novo controle de Xbox One: os pontoslocalizados de vibração nos gatilhos. Servindo quase como um Force Feedback, o sistema de vibração aumenta muito a imersão do jogo, já que cortar pela terra nem sempre é uma boa ideia e certamente prejudicará o controle do veículo. O sistema de vibração é tão legal e bem implementado que um volante nem chega a fazer tanta falta, dada a precisão do novo controle desenvolvido pela Microsoft.

Mais real que o real?

Como se não bastassem todas as qualidades já apontadas nesta análise, o visual do jogo e o trabalho com os efeitos sonoros realizado pela Turn 10 excedem as expectativas até dos jogadores mais otimistas. Com gráficos foto realistas e um nível impressionante de detalhes, Forza Motorsport 5 é um título que, ao lado de Ryse: Son of Rome, fará qualquer pessoa cética com a potência do Xbox One rever os seus conceitos. Além disso, o som do roncar dos motores dos veículos é extremamente bem reproduzido e impressionante, tornando a experiência ainda mais incrível e imersiva. A Turn 10 é uma desenvolvedora cada vez mais importante na indústria dos games e, este jogo, é uma das provas de que ela faz por merecer.

Com lindos efeitos de iluminação, Forza tem gráficos de cair o queixo!

O melhor simulador já criado?

Forza Motorsport 5 é, provavelmente, o mais realista simulador já criado. Com gráficos e sons de cair o queixo, controles perfeitos e o uso do Drivatar, a Turn 10 se consagra como a melhor desenvolvedora de simuladores do mercado. Infelizmente, a falta de provas noturnas e variações climáticas, além da pequena quantidade de veículos se comparado às versões anteriores do título fazem com que o jogo ainda não seja perfeito e tenha pontos importantes a evoluir, mas o caminho que a desenvolvedora deve seguir já é bem definido e ninguém mais pode duvidar de seu talento.

Prós

  • Gráficos ultrarrealistas;
  • Drivatar;
  • Jogabilidade perfeita;
  • Mais que um jogo, uma enciclopédia do automobilismo.

Contras

  • Falta de conteúdo se comparado à Forza Motorsport 4.


Forza Motorsport 5 – Xbox One – Nota: 9.5
Revisão: José Carlos Alves
Capa: Stéfano Genachi
Gabriel Vlatkovic é economista formado pela Unicamp. Trabalha como Analista de Finanças e joga videogames há quase vinte anos. Adora ouvir música, assistir a filmes e seriados e discutir a Timeline de Zelda. Quando não está trabalhando, está no Facebook.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook