Ministra da cultura afirma em audiência pública que videogames não são cultura

A ministra da cultura, Marta Suplicy, afirmou em audiência pública no dia 19 de fevereiro que videogames não são cultura, e portan... (por Lílian Moreira em 28/02/2013, via Xbox Blast)

A ministra da cultura, Marta Suplicy, afirmou em audiência pública no dia 19 de fevereiro que videogames não são cultura, e portanto, não poderiam ser comprados com o vale-cultura. O projeto de Dilma Roussef disponibiliza 50 reais para o beneficiado gastar com o que a ministra determinar que seja cultura. O interessante é que a mesma já declarou que poderia ser comprado "até revista porcaria", provavelmente se referindo a publicações sobre fofoca, novela, etc. Pelo visto videogames estão abaixo disso para nossa autoridade política nacional em cultura. Leia mais no GameBlast.

Lílian Moreira é graduada em Letras e mestranda em Comunicação. É redatora do Xbox Blast e TechTudo. Quando não está escrevendo nem jogando passa seu tempo lendo, traduzindo e tocando. Às vezes aparece no Twitter ou Google+.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook