Jogamos

Análise: Virtua Tennis 4 (X360)

As duas franquias mais famosas de jogos de tênis são, certamente, Top Spin  e Virtua Tennis. A primeira sempre buscou os jogadores que quere... (por Alberto Canen em 29/08/2012, via Xbox Blast)

As duas franquias mais famosas de jogos de tênis são, certamente, Top Spin e Virtua Tennis. A primeira sempre buscou os jogadores que querem mais realismo; enquanto a segunda, da SEGA, preferiu investir nos jogadores mais casuais, e usa um estilo mais arcade. Como fora lançado um jogo da série concorrente, Top Spin 4, antes de ser lançado o novo jogo da série Virtua Tennis, alguma expectativa surgiu em torno de seu próximo lançamento, ainda mais com a promessa da jogabilidade em primeira pessoa, algo inédito até então nos jogos de tênis para videogame. O game trouxe a prometida mecânica, mas manteve a sua jogabilidade bastante casual. De fato, são nas mecânicas do jogo que estão contidas as possibilidades de sucesso ou fracasso desse novo game.



Virtua Tennis, como dito, sempre foi mais voltado ao estilo arcade, ainda mais se comparado com o seu concorrente direto, Top Spin. Nessa nova versão não foi diferente, e o estilo foi mantido; contudo, um pouco menos do que antes, ao menos quanto à movimentação, que agora está menos solta, dá para sentir o jogador mais pesado, mais real. Da mesma forma, a reação dos personagens precisa de um tempo entre um golpe e outro.

Para manter o estilo arcade, até um golpe especial está disponível. Basta, para tanto, encher uma barra de energia e então apertar um botão, desferindo a pancada. Mas não espere nada exagerado e indefensável, pois se trata apenas de um golpe mais forte, que pode muito bem ser devolvido sem maiores dificuldades, desde que se perceba a sua direção.

Simples

Os controles têm boa reação, e o jogo traz uma boa progressão na dificuldade. Também os oponentes têm as suas características únicas, o que significa que cada jogador precisa de uma estratégia própria para ser batido. Se enfrentar o Fernando González, por exemplo, pode se preparar para um Forehand (golpe de direita aplicado pelo destro) bem aplicado e potente, e é uma boa pedida explorar o Backhand (golpes de esquerda do destro) do chileno; já ao enfrentar o ex-número 1 do mundo, Jim Courier, que tem golpes muito potentes de ambos os lados, pode se preparar para correr e antecipar bem, pois ele não dá sossego do fundo da quadra.

FedererAs texturas são boas, mas poderiam ser melhores e os serrilhados podem ser encontrados no game. Os movimentos dos jogadores estão menos comuns, um pouco mais individualizados em relação ao estilo de cada um, mas ainda assim são bem genéricos. O som também é bem genérico e não tem muita variedade.

Jogadores profissionais


VT4 JogadoresVinte e dois jogadores profissionais, entre homens e mulheres, foram disponibilizados para essa nova versão. Apenas o PlayStation 3 recebeu três personagens exclusivos, que não aparecem nas versões para Xbox 360 e Nintendo Wii. Todos são ex-jogadores e estão ao final da lista abaixo. É uma quantidade apenas um pouco menor do que os 25 de seu concorrente direto, Top Spin 4. Vejamos a lista:Edberg

  • 20px-Flag_of_Switzerland.svgRoger Federer

  • 22px-Flag_of_Spain.svgRafael Nadal

  • 22px-Flag_of_Serbia.svgNovak Djokovic

  • 22px-Flag_of_the_United_Kingdom.svgAndy Murray

  • 22px-Flag_of_the_United_States.svgAndy Roddick

  • 22px-Flag_of_France.svgGaël Monfils

  • 22px-Flag_of_Argentina.svgJuan Martín del PotroBoris Becker

  • 22px-Flag_of_Chile.svgFernando González

  • 22px-Flag_of_Germany.svgTommy Haas

  • 22px-Flag_of_Germany.svgPhilipp Kohlschreiber

  • 22px-Flag_of_Italy.svgAndreas Seppi

  • 22px-Flag_of_the_United_States.svgJim Courier

  • 22px-Flag_of_the_United_States.svgVenus Williams

  • 22px-Flag_of_Serbia.svgAna Ivanović

  • 22px-Flag_of_Denmark.svgCaroline Wozniacki

  • 22px-Flag_of_Russia.svgSvetlana Kuznetsova

  • Rafter, exclusivo para PS322px-Flag_of_Russia.svgMaria Sharapova

  • 22px-Flag_of_Russia.svgAnna Chakvetadze

  • 22px-Flag_of_the_United_Kingdom.svgLaura Robson

  • 22px-Flag_of_Germany.svgBoris Becker (exclusivo PS3)

  • 22px-Flag_of_Sweden.svgStefan Edberg (exclusivo PS3)

  • 22px-Flag_of_Australia.svgPatrick Rafter (exclusivo PS3)


Modos do jogo



  • WORLD TOUR: é o famoso modo de carreira, no qual é possível criar um personagem customizável, e existem opções suficientes para alterar o rosto, físico, tipo de Backhand, Forehand e serviço. É uma jornada de quatro temporadas para vencer os quatro maiores torneios do mundo, na Austrália, França, Inglaterra e Estados Unidos. Para tanto, é importante aumentar o seu nível através de resultados de jogos, minigames, relacionamento com os fãs e atividades voluntárias, pois tudo isso afeta nas taxas do personagem. A forma da jornada do ponto de partida ao torneio final é de uma espécie de tabuleiro do mapa mundial, em que não se pode escolher para onde se quer ir exatamente. As opções são predefinidas, pode ser que apenas dois, três e quatro passos sejam possíveis, mas não dar apenas um passo, por exemplo. Outro problema é não poder voltar, só se pode andar para frente e também não é possível repetir os minigames. Estes, por sinal, não são tão divertidos e logo se tornam chatos, pois se repetem ao longo da jornada, apenas aumentando a dificuldade conforme o nível do seu personagem melhora.




[youtube width="448" height="252"]http://www.youtube.com/watch?v=U_5HAhY9QtQ[/youtube]

Trailer do Modo World Tour




  • ARCADE: essa é uma opção mais rápida e interessante, na qual é possível escolher um dos jogadores profissionais disponíveis, ou dois, caso vá participar em duplas. Os quatro dos maiores campeonatos são jogados em sequência, bastando vencer apenas um jogo para levar o troféu em cada um deles.


Djokovic em ação

  • EXHIBITION: essa é uma opção que nunca falta, e nem pode, na qual você pode chamar até 3 amigos para jogarem entre si.



  • PRACTICE: é o tutorial, mas não ensina tanto assim. Apenas algumas dicas são dadas e o resto é praticar. Essa é mesmo a melhor forma no caso de Virtua Tennis 4, pois os controles são muitos simples e qualquer um consegue dominar o básico com apenas um pouco de prática.



  • PARTY: são alguns minigames disponíveis para quando o jogador cansar de jogar tênis e quiser algo ainda mais casual. Pode ser jogado sozinho ou com até mais três pessoas.




[youtube width="448" height="252"]http://www.youtube.com/watch?v=0M2HESqPNUI[/youtube]

Pinos de boliche




  • MOTION PLAY: esse é o famoso modo em que se pode jogar em primeira pessoa, fazendo uso do Kinect.



  • Xbox LIVE: é o modo online. É bem simples e casual. Nele, é possível jogar contra outras pessoas ao redor do mundo e existe um sistema de ranking que conta as vitórias. Infelizmente, não existe uma opção mais elaborada, do tipo modo carreira ou mesmo nos moldes de um torneio. O que é mesmo uma pena, pois seria muito divertido poder criar seu próprio torneio e convidar os amigos para participar. Algo como XboxBlast Blast Open seria uma boa pedida para um novo Grand Slam.



  • MY CLUB: é onde o jogador pode checar o seu progresso e mudar os ajustes do seu kit.


Um pequeno passo para frente


Virtua Tennis 4 trouxe um avanço ao usar o Kinect para jogar com visão em primeira pessoa, o que muitos jogadores já desejavam há algum tempo, até para ter aquele sentimento de que se está dentro de uma quadra de verdade. Mas a novidade deu a impressão de ser uma versão beta, com muito a melhorar ainda, como a movimentação que não pode ser feita pelo jogador - o próprio jogo se encarrega disso -, a quantidade de golpes também é limitada, se limitando ao top spin e slice, e uma bola alta chata de responder. Isto é outra desvantagem, pois é difícil pegar o tempo da bola em algumas situações, como a própria bola alta. Mas é até bem divertido e, seja como for, foi um bom primeiro passo (para frente).

Enquanto isso


Todos já estão familiarizados com a nossa coluna "Enquanto isso", que trata das outras plataformas que não são da própria Microsoft. Da mesma forma, esse tópico pretende tratar do jogo Virtua Tennis 4 nos outros dois consoles (PlayStation 3 e Nintendo Wii) em comparação com a versão do Xbox 360.

É praticamente o mesmo jogo em todas as plataformas, não trazendo diferenças além dos controles e poderio gráfico. Com quem está a vantagem? Depende do gosto de cada um, mas, certamente, não é a versão do Wii. O que acontece é que os concorrentes já se utilizam normalmente de controles que não os de movimento, e o Wii Remote, nesse aspecto, só serve como quebra-galho. Se ainda existisse a opção de usar os controles de GameCube ou Classic Controller, essa diferença diminuiria bastante.

A comparação gráfica, como é o mesmo jogo, não poderia ter um resultado diferente, nos consoles com mais potência, também tem melhores gráficos e som.

Motion PlayAgora, a grande comparação está na utilização do modo Motion Play, que permite que cada console, finalmente, utilize seus controladores de movimento. E o resultado é bem parecido para os três, não havendo uma resposta claramente melhor para qualquer um. Tanto o Kinect, do Xbox 360, quanto o PS Move, do PS3, e o Wii Remote têm respostas muito parecidas. Mas, vale lembrar, o uso do Wii Motion Plus se faz necessário ou então fica quase impossível jogar. A diferença está mais no uso do Kinect, pois o Wii e o PS3 usam uma tecnologia parecida. Não usar um “bastão” pra servir de raquete ainda é um pouco estranho, pois usar apenas as mãos para rebater as bolas dá uma impressão que se está tentando matar mosquitos (!). Eis o trailer do Virtua Tennis 4 com o uso do Kinect:


[youtube width="448" height="252"]http://www.youtube.com/watch?v=68WDXsM834c[/youtube]

Trailer do Motion Play do Kinect


Prós



  • Motion Play: esse modo é inovador, ao trazer a jogabilidade em primeira pessoa, e divertido, pois a sensação é diferente e instigante;

  • Arcade: os jogadores casuais, que não são poucos, vão gostar do estilo menos realístico.


Contras



  • Modo online: muito básico, apenas conta um ranking de vitórias. Não traz a opção de um modo carreira ou de um torneio online – adeus XboxBlast Blast Open.

  • Som: genéricos e pouco variados.



Virtua Tennis 4 – Xbox 360 – Nota Final: 6.5
Visual: 7.0 | Som: 6.0 | Jogabilidade: 7.0 | Diversão: 6.0



Revisão: Ramon Oliveira de Souza 

Alberto Canen é formado em Direito pela UFRN. Joga videogame desde os tempos do Atari e sempre acompanha as novidades na indústria de jogos. Está no Facebook e no Twitter.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook