Vem aí

Prévia: Strider (X360/XBO) promete ser o grande retorno do ninja futurista

Ação e plataforma foi um dos gêneros mais populares da década de 90, que contou com uma infinidade de títulos desse estilo. Strider, lança... (por Farley Santos em 06/02/2014, via Xbox Blast)

Ação e plataforma foi um dos gêneros mais populares da década de 90, que contou com uma infinidade de títulos desse estilo. Strider, lançado para arcades em 89, era um desses jogos. Na pele do ninja futurista Hiryu, os jogadores cortavam tudo que aparecia pela frente. Mesmo com o sucesso do título, o personagem não recebeu novas aventuras e caiu no esquecimento. A situação mudou quando Strider Hiryu apareceu no crossover de luta Marvel vs. Capcom: Clash of Super Heroes: o personagem tornou-se extremamente popular. Foi justamente esse fato que motivou a Capcom a produzir um novo jogo da franquia para os consoles modernos. Intitulado simplesmente Strider, o reboot da série promete resgatar conceitos das aventuras clássicas do herói, mesclados com inúmeras novidades.

Um futuro oprimido

Em um futuro distante e alternativo, o mundo é dominado por Grandmaster Meio. O misterioso homem de origens desconhecidas reina soberano, sempre utilizando força bruta para fazer valer sua vontade. Sua base de comando é Kazakh, uma cidade-fortaleza fortemente protegida por seus generais. Vários já tentaram derrotar o terrível ditador, mas nenhuma pessoa obteve sucesso. Em um último esforço, o Striders  um grupo secreto de mercenários altamente treinados  decide enviar Hiryu, seu melhor agente, para assassinar Meio e assim por fim à era de tirania. A trama é uma readaptação do título original para arcades.

Revisitando e modernizando as origens

O reboot das aventuras de Hiryu terá como foco a ação fluida e rápida dos jogos anteriores. Os gráficos agora são poligonais e bem detalhados, mas a ação ainda acontece somente em duas dimensões. A principal novidade em Strider é que ao invés de vencer fases, o jogador explorará a grande base de Kazakh, que tem formato labiríntico. A progressão é similar a alguns títulos da série Metroid e Castlevania, compartilhando características como o fato de algumas áreas somente poderemm ser acessadas quando Hiryu está de posse de habilidades específicas e a presença de inúmeras salas secretas.

Hiryu está mais ágil que nunca. O ninja terá à disposição vários novos movimentos e técnicas, boa parte delas baseadas nas participações do personagem nos recentes crossovers de luta. Além de correr em alta velocidade e fatiar os inimigos com Cypher, sua espada de plasma, Hiryu também será capaz de deslizar, saltar precisamente e até mesmo escalar pela maioria das paredes e estruturas da cidade de Kazakh. Os Options, os assistentes robóticos do ninja, estão de volta. Além de servirem como forma de ataque, os animais cibernéticos também podem ser utilizados para alcançar áreas de difícil acesso.

O Panther-type Option é perfeito para atravessar áreas perigosas

Nova aventura, novas habilidades

Mesmo contando com tantos movimentos, Hiryu não conseguirá explorar todos os cantos da fortaleza Kazakh: ela está repleta de armadilhas e áreas inacessíveis, protegidas por barreiras. Felizmente, os meios para transpor estes obstáculos estão espalhados pelo local. Ao acessar certos dispositivos, o ninja obterá novos movimentos. São dois tipos de melhorias: habilidades físicas e upgrades da espada Cypher.

As habilidades físicas, como pulo duplo e uma investida aérea, são necessárias para alcançar pontos de difícil acesso do mapa. Algumas delas também servem de ataque. Já os upgrades da Cypher adicionam características especiais à lâmina, como ataques congelantes e a possibilidade de refletir projéteis. Estes poderes consumem energia especial  e também podem ser utilizados para destruir barreiras especiais. É simples identificar o poder equipado no momento: o cachecol de Hiryu muda de cor de acordo com o upgrade de Cypher selecionado.


Um retorno promissor

Com tantas novidades, Strider tem tudo para ser um ótimo retorno do ninja futurista ao mundo dos jogos. O título tem tudo para agradar diferentes tipos de jogadores, pois mistura a jogabilidade clássica da série com características modernas - como, por exemplo, um grande mapa a ser explorado e um personagem que adquire novos poderes no decorrer da aventura. Strider será lançado tanto para Xbox 360 como para Xbox One, sendo que a única diferença entre as versões está na parte técnica: no novo console da Microsoft, a ação rodará em 60 quadros por segundo, os modelos serão mais detalhados e a resolução gráfica será maior. E vocês, o que esperam do retorno de Strider Hiryu?

Strider  X360/XBO

Desenvolvimento: Double Helix Games/Capcom
Gênero: Ação/Aventura
Lançamento: 19 de fevereiro de 2014
Expectativa: 3/5
Revisão: Bruno Nominato
Capa: Stefano Genachi
Farley Santos é brasiliense e gosta de explorar games obscuros e pouco conhecidos. Fã de Yoko Shimomura, Yuzo Koshiro e Masashi Hamauzu, é apreciador de boardgames, game music, fotografia e livros. Além de mostrar seus cliques no Flickr, tem também um blog onde escreve sobre inúmeros assuntos.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook