Top 10

Top 10: Games de PC que poderiam ir para o Xbox One

Em nossa lista tem jogo de luta, survival, simuladores, MMO, fps e um clássico dos jogos de estratégia.



Quem nunca viu aquele jogo para PC e imaginou “nossa, como seria legal esse jogo no Xbox One”? Se você já pensou algo nessa linha, esta lista foi feita justamente para você que sonha com alguns jogos chegando (ainda que mais tarde) para o recente console da Microsoft. Vamos lá?


10. Spy Party



Lançado em abril deste ano para PC, Spy Party é um divertido jogo de estratégia. No game pode ser tanto o espião quanto o sniper responsável por identificar e eliminar o inimigo em uma festa. O game é jogado entre players e ganha quem marcar mais pontos, seja sobrevivendo como espião ou atirando no inimigo com o sniper.

Spy Party é uma boa opção para o Xbox One, pois traz uma diversidade para o catálogo com este divertido game indie. Vale lembrar que a Xbox Live, plataforma online do console, com sua estabilidade e aplicações de conversa via áudio (seja o app de grupos do Xbox ou ainda o recente suporte para o Discord), possibilita uma excelente interação aos jogadores que é fundamental para Spy Party.

9. Star Conflict




Star Conflict é um MMO simulador de batalhas de naves espaciais. Desenvolvido pela Star Gem Inc., o game traz um mundo aberto e todo um complexo de naves cheias de customizações. É um excelente jogo para os fãs de simuladores aéreos, pois o game junta elementos de RPG (experiências, missões, etc) com a jogabilidade do gênero.

Star Conflict tem uma atmosfera Sci-fi que lembra a famosa franquia Halo, isto é, muitos dos fãs do Xbox também poderiam se identificar com o game da Star Gem Inc. graças a essa aproximação com o xodó da Microsoft.

8. Getting Over It with Bennett Foddy




O mais odiado game lançando recentemente. Getting Over It with Bennett Foddy te coloca no controle de um bizarro indivíduo nu, sentando em um caldeirão e empunhando um martelo. Seu objetivo é mover-se pelo cenário e, acredite, isso não será tarefa fácil.

Se com o mouse e um teclado já é quase impossível movimentar o personagem, imagine com um controle. Seria mais difícil e irritante, mas este não é, de fato, o objetivo do jogo?

7. Don't Starve Together




Com um gráfico desenhando e próximo das animações de Tim Burton, Don't Starve Together já nos atrai, em primeiro lugar, pelo visual. Trata-se de um game de sobrevivência desenvolvido pela Klei Entertainment inicialmente para PCs. O jogo é bem claro quanto ao seu fim: você uma hora vai morrer. Agora resta saber até quando você e seus amigos vão adiar essa fatalidade.

Don't Starve Together já recebeu uma versão para Switch com algumas novidades e isso nos faz pensar em uma possível versão para Xbox One com mais mapas, modos de jogo (um modo história ao estilo Minecraft Story Mode não seria de todo ruim) e, uma localização e suporte para o Brasil (afinal, a Microsoft costuma ter essas preocupações locais, coisa que a Nintendo parece não ter ainda).

6. The Forest




Após o desastre de um avião, tente sobreviver a uma ilha de canibais construindo abrigos, armas e vários outros recursos para sua própria sobrevivência. The Forest é um survival que lembra algumas mecânicas de Minecraft e Don't Starve, isto é, outro excelente jogo para se jogar com os amigos.

The Forest já foi lançado para PC e também está presente nos consoles, mais especificamente no PS4, o que já deixa uma brecha para que o game possa vir a ser disponibilizado para os donos de um Xbox.

5. Quake Champions




Quake Champions é a nova versão do tradicional Shooter em primeira pessoa, desenvolvido e publicado pela id Software e Bethesda, respectivamente. O game foi lançado até o momento para PC, sendo que a franquia não possuía um novo jogo desde 2005, do antigo Quake 4.

Se a Bethesda pretende fazer com que a franquia retome seu auge será necessário que o game esteja presente na nova geração de console. Pode-se dizer que o Xbox One é uma excelente plataforma para Shooters, afinal é a casa de Halo, uma das mais importantes franquias de jogos em primeira pessoa dos últimos anos. Então, tendo sua versão para Xbox lançada, Quake Champions vai estar no lugar e na comunidade certa para se expandir.

4. Torchlight 2




O RPG de ação da Runic Games foi por um bom tempo uma pedra no sapato de Diablo 3. Diferentemente do seu rival, Torchlight 2 possui uma atmosfera mais caricata, mas nem por isso menos interessante. O universo é rico e vasto, cheio de opções para os fãs do gênero.

Se Diablo 3 já está há um bom tempo na biblioteca de jogos do Xbox, por que Torchlight 2 ainda não deu as caras? Talvez fosse a hora de resolver este problema...

3. MU Legend




MU foi de fato uma lenda nos anos 2000. Anteriormente conhecido como MU Online, o game se tornou um dos mais jogados do seu período e ainda hoje atrai vários fãs em sua versão antiga. Ao perceber o interesse do público, a Webzen resolveu dar uma nova versão para o game, trabalhando principalmente no gráfico, algo já datado em MU Online.

MU Legend está graficamente localizado na nova geração de jogos e, portanto, seria muito bem sucedido em um novo console como o Xbox One. Outra observação importante é a legião de fãs que MU Legend pode trazer consigo, pois os desenvolvedores mantiveram a essência de seu antecessor e fazendo as devidas modificações para os novos tempos que vivemos.

O console da Microsoft já está com espaço reservado para MMOs como Tera, Black Desert e vários outros, e por que não MU Legend?

2. Street Fighter V




O tradicional game de lutas da Capcom foi lançado em 2016 para PC e PS4. E muitos questionaram sobre uma possível versão para o Xbox One, o que não aconteceu até o momento e possivelmente não aconteça. Entretanto, não custa nada sonhar.

Ainda que Street Fighter V não seja nenhum consenso entre os fãs, trata-se de uma das maiores franquias dos jogos de luta, juntamente de Tekken e Mortal Kombat e é primordial sua presença em qualquer console.

1. Age of Empires: Definitive Edition




A versão remake do clássico Age of Empires foi lançada neste ano para PC pelo Microsoft Studios. A franquia dispensa apresentações, afinal, ela é considerada por muitos um dos "pais" do gênero estratégia e podemos dizer que uma versão para Xbox One da versão remake não seria impossível, pois não depende de terceiros (como é o caso de Street Fighter V, por exemplo), apenas da própria Microsoft.

E se você está pensando sobre uma possível estranheza de um jogo de estratégia como Age of Empires em um console, basta lembrar de Halo Wars e Halo Wars 2, dois excelentes jogos lançados para Xbox 360 e Xbox One pela própria Microsoft e que mostraram como é possível sim um bom jogo de estratégia para os consoles.

Rafael C. Oliveira é goiano e já foi astro do rock (no Guitar Hero), líder de uma grande civilização (no Age of Empires) e bem casado (no The Sims). Ele diz que está escrevendo um livro de ficção científica numa tentativa de fazer novos amigos assim. Você pode tentar convencê-lo de desistir dessa ideia absurda no Twitter ou Facebook dele.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook