Vem aí

Prévia: Prepare-se para os combos infinitos de Killer Instinct! (XBO)

Depois de dezessete anos, aparentemente com o futuro condenado ao limbo após a “mudança de time” da Rare para a Microsoft , Killer Insti... (por Filipe Salles em 18/10/2013, via Xbox Blast)

Depois de dezessete anos, aparentemente com o futuro condenado ao limbo após a “mudança de time” da Rare para a Microsoft, Killer Instinct retornará ao cenário gamer, desta vez distribuindo seus combos no novo console da companhia de Redmond, Washington. Com lançamento previsto para o dia 22 de novembro deste ano, junto ao Xbox One, a ressurreição da franquia gerou bastante polêmica, principalmente pelo modelo de negócios adotado.

Mamilos à parte, o jogo será o primeiro original de seu gênero a aportar nos consoles da nova geração que se iniciou ano passado com o Wii U Tekken Tag Tournament 2: Wii U Edition e a versão Ultimate de Injustice: Gods Among Us são ports, sendo que o último ainda não foi lançado – e terá todos seus representantes no campo de batalha até o fim do próximo mês. Será que começaremos com o pé direito?

Tão colorido quanto um baile de carnaval

Mesmo que as diversas apresentações de poder gráfico do Xbox One, em Killer Instinct os gráficos ainda parecem aquém do que podemos chamar de “próxima geração” (principalmente para quem presenciou a mudança drástica da era 16-bits para a 32/64-bits), porém é fato que diversos efeitos de iluminação e muitas cores serão percebidos ao trocar golpes com o adversário ou ao observar o cenário segundos antes da luta começar.

A grande promessa em relação ao processamento gráfico do jogo e até mesmo o que pode destacá-lo e ser chamado de um título da nova geração está em seu framerate, que será constante. Nenhuma lentidão foi constatada em diversos vídeos de gameplay que conferimos, mas a prova real, novamente, poderá ser feita apenas durante a jogatina.

Eu sou Killer Instinct, o jogo de luta mais rápido do Oeste

Junto às informações referentes à taxa de frames do título, é notável que a velocidade dos combates de Killer Instinct será frenética e, em entrevista ao site da Official Xbox Magazine do Reino Unido, o produtor-chefe do título afirmou que este será mais veloz do que a grande maioria dos outros jogos de luta. Será Killer Instinct capaz de superar a rapidez dos jogos da franquia Marvel vs. Capcom?

Tá na hora de combar!

Carro chefe da série, os combos alucinantes que a tornaram querida pelos fãs não poderiam ficar de fora. Seguindo o velho ditado de que “em time que está ganhando não se mexe”, não será difícil para o jogador novato conseguir fazer algumas sequências apenas com o apertar de alguns botões. Para não tornar o título um simples button masher, combos mais longos exigirão comandos mais precisos e, para evitar ter sua energia drenada por sequências intermináveis, os botões de soco e chute apertados no momento certo ocasionarão o famigerado combo breaker. Mas tome cuidado, errar o timing custará de um a dois segundos de inatividade, geralmente levando pancada.

Para começar a desferir seus golpes, seis personagens serão liberados ao início do jogo, cada um custando cinco dólares, sendo um deles gratuito e disponibilizado em um sistema de roleta, de maneira semelhante ao MOBA League of Legends (PC). Os personagens são o brutamontes tibetano Jago, o lobisomem Sabrewulf, a musa original da série Orchid, o nativo americano Chief Thunder, o alienígena Glacius e a novata Sadira, que aparenta ser uma fusão entre o assassinos de Assassin’s Creed com o amigo da vizinhança Homem-Aranha. Dois personagens ainda não divulgados serão liberados via DLC.

O campeonato do seu bairro, transmitido mundialmente

Em uma parceria anunciada entre a gigante dos computadores e o Twitch, será possível transmitir suas partidas via streaming e inclusive interagir com os espectadores através da Xbox Live. Agora a “zuera” poderá ser feita em rede internacional, ou ao menos não será mais necessário reunir os amigos em casa para ela acontecer. Cuidado: uma derrota humilhante sua poderá ficar registrada para a posteridade.

Vida longa e próspera

Pelo menos isso é o que a Microsoft planeja para a franquia. Uma segunda temporada do jogo trará, a princípio, uma nova leva de personagens até o início do próximo ano. Novos detalhes serão revelados no futuro, porém a intenção da gigante de Redmond é lançar expansões anualmente. Esperamos apenas que não aconteça da mesma maneira que os jogos de uma certa empresa japonesa, conhecida por essa prática (Sim Capcom, estou falando de você!).

Killer Instinct virá em seu modo gratuito, com acesso a um personagem selecionado no esquema de sorteio, e cada personagem adicional custando cinco dólares. Para quem não quer comprar parcelado, é possível adquirir todos os personagens e roupas liberados em um pacote que custará US$20. A edição Ultra incluirá personagens, roupas, acessórios, modo história (assim que o mesmo for lançado) e a versão para arcade do primeiro jogo.

Agora com novo foco dentro da Microsoft (Kinect Sports Rivals vem aí…) a Rare ficou de fora do desenvolvimento de Killer Instinct. Quem assumiu o projeto para reviver a franquia foi a Double Helix, um estúdio independente que também está à frente do projeto para o retorno do ninja Strider. É possível que Killer Instinct não seja a única franquia criada pela Rare que vá cair nas mãos de outro estúdio, e apenas o tempo dirá se mais alguma série, como Banjo-Kazooie, continuará de baixo das asas da produtora.

Por fim, recentemente foi anunciada a Pin Ultimate Edition,  em parceria com o site PennyArcade, que incluirá uma cópia física do título, junto com dois broches, um do jogo e outro do personagem Jago, com a promessa de novos broches sendo lançados mensalmente e, claro, todas as vantagens citadas anteriormente. Não deixe de utilizar nossa seção de comentários logo abaixo para debatermos se a ressurreição da franquia trará de volta toda a magia do original!
Killer Instinct (Xbox One)
Desenvolvimento: Double Helix 
Gênero: Luta
Lançamento: 22 de novembro de 2013
Expectativa: 5/5
Revisão: José Carlos Alves
Capa: Daniel Machado
Filipe Salles é formado em Administração de Empresas pela UNIGRANRIO, joga videogame desde os quatro anos. Nerd assumido, adora falar sobre cultura geek e videogames, o que o levaram à redação do Xbox Blast e da PlayerTwo. Está no Facebook e Twitter.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook