Perfil

Capitão Cutter, o líder da Spirit of Fire de Halo Wars

Conheça o comandante do UNSC que enfrentou os Banidos.

O novo jogo de estratégia em tempo real Halo Wars 2 (XBO/PC), da 343 Industries, introduz a nova ameaça da saga Halo, a organização mercenária Banidos e seu senhor de guerra Atriox. Para enfrentá-los, a responsabilidade caiu sobre os ombros do já conhecido Capitão Cutter do United Nations Space Command (UNSC), líder da nave de guerra Spirit of Fire. Portanto, vamos visitar a trajetória do herói do novo exclusivo da Microsoft.

A estrela do UNSC Glasgow

James Gregory Cutter nasceu em Reach, planeta colonizado por humanos no Sistema Epsilon Eridani, em 2479. Se alistou na Força Aérea da United Nations após abandonar a escola e em 2500 entrou para School of the North Star, do United Nations Space Command. Apenas quatro anos depois, Cutter entrou no serviço naval da Officer Candidate School, onde se tornou oficial de navegação.

James Cutter chegou ao posto de comandante após ser transferido para a nave de carga UNSC Glasgow, que providenciava mantimentos e equipamentos para a Marinha do UNSC. Após deter um ataque terrorista, seu feito heroico chamou a atenção do alto comando do UNSC, que lhe concedeu a patente de capitão da nave de guerra Spirit of Fire.


De guerra em guerra

Personagem desde o antecessor Halo Wars (X360/XBO/PC), da Ensemble Studios, o Capitão Cutter é um oficial sênior do UNSC e serviu durante a Insurreição e na Guerra Humanos-Covenant. Durante a missão no planeta agrário de Harvest, Cutter comandou a Spirit of Fire para dar suporte ao cruzador de guerra UNSC Prophecy.

Quando a professora Ellen Anders foi capturada por Ripa 'Moramee, comandante sangheili de alta patente, e levada prisioneira a bordo do destroyer da Covenant, Cutter e sua equipe seguiram a nave pelo espaço sideral até aterrissarem em um Shield World gerado por um artefato Forerunner. No planeta desértico, Anders escapa dos alienígenas e consegue encontrar Cutter e seu grupo, juntos eles planejam a explosão da nova arma da Covenant e escapam da morte devido a um plano arriscado executado pela inteligência artificial Serina.


Após o fim da Guerra Humanos-Covenant, a Spirit of Fire foi oficialmente declarada como desaparecida e seus ocupantes dados como mortos pela UNSC. Um memorial foi criado em homenagem a tripulação da nave, enquanto isso Cutter ordenou que Serina fizesse uma manobra arriscada para colocar a Spirit of Fire de volta na rota do caminho de casa.

Contudo, em 2559, após 28 anos de sono criogênico, o Capitão Cutter e a tripulação da Spirit of Fire são acordados devido a um misterioso pedido de ajuda. Deste modo, eles descobrem que a nave está vagando por uma área desconhecida e precisam investigar as estranhas ocorrências no novo sistema solar, onde eles encontrarão os Banidos, a história de Halo Wars 2.


Palpatine de Halo Wars

Apesar do Capitão James Cutter ser um herói de guerra do UNSC, a aparência do militar intergaláctico de Halo Wars foi inspirada em Palpatine, vilão do universo interestelar de Star Wars e interpretado pelo ator escocês Ian McDiarmid. Para Halo Wars 2, Cutter recebeu a voz e a aparência do ator britânico Gideon Emery, responsável por interpretar o capitão na versão live action do personagem nos comerciais War of Wits: The Sale e War of Wits: The Armrest.

Revisão: Ana Krishna Peixoto
Karen K. Kremer é mestre jedi em história pela UEPG e game designer pela Universidade Positivo. Viajante do tempo e cinéfila, considera Quantum Break uma obra-prima. Cresceu fazendo Meteoro de Pégasos e jogando videogame. Apaixonada por literatura, ilustração e dinossauros. Diz a lenda que com um bat-sinal no Twitter ou DeviantArt ela aparece.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook