Xbox Play Anywhere, jogando em qualquer lugar

Programa da Microsoft permite jogar o mesmo game no Xbox One e no Windows 10.

O programa Xbox Play Anywhere foi criado em 2016, quando a Microsoft realizou a fusão das divisões de PC e Xbox na empresa. A iniciativa tem o objetivo de integrar as duas plataformas e tornar a experiência no Windows 10 próxima ao do Xbox One e vice-versa.

Xbox One e Windows 10

O Xbox Play Anywhere está disponível exclusivamente para jogos digitais da Loja Xbox e Windows Store. Na compra de um título incluso no projeto, o gamer poderá jogar tanto no Xbox One quanto no Windows 10, sem custos adicionais. O progresso é salvo na Xbox Live, portanto o jogador pode continuar de onde parou seja no computador ou no console.

DLCs, expansões e outros conteúdos adicionais de um jogo do Xbox Play Anywhere também são jogáveis em ambas as plataformas. Então, na compra de conteúdos extras, o jogador poderá usufruir das novas missões, personagens e/ou skins onde desejar. As pontuações e conquistas são reunidas em um único conjunto compartilhado no Xbox One e no Windows 10.


A abordagem da Microsoft privilegia um estilo de jogo que mescla a experiência do console e do computador. Transformando os jogos do projeto em passíveis de migrarem do Xbox One para o Windows 10, bem como o inverso, e unir jogadores de ambas plataformas através de um cross game sincronizado e bem integrado com o Xbox Live.

A iniciativa é mais um passo da empresa de Bill Gates na direção de integrar o Xbox ao Windows. O objetivo é tornar o Xbox One mais parecido com um computador e o computador mais parecido com o Xbox One. Através do Xbox Play Anywhere, a Microsoft pretende transformar ambas as plataformas em uma só, de forma que tanto o console quanto o computador possuam as mesmas opções, configurações e capacidades tecnológicas.


Jogos do programa

Por ocasião da novidade do programa, lançado em setembro de 2016, o Xbox Play Anywhere conta com poucos jogos com a função. Entre eles, foi dada prioridade aos recentes exclusivos do console:
  • Halo Wars 2 (XBO/PC), da 343 Industries;
  • Gears of War 4 (XBO/PC), da The Coalition;
  • Forza Horizon 3 (XBO/PC), da Playground Games e Turn 10 Studios;
  • ReCore (XBO/PC), da Armature Studio e Comcept;
  • Killer Instinct: Definitive Edition (XBO/PC), da Microsoft Studios;
  • Everspace (XBO/PC), da ROCKFISH Games;
  • Astroneer (XBO/PC), da System Era Softworks;
  • Voodoo Vince: Remastered (XBO/PC), da Beep Games; e
  • Fable Fortune (XBO/PC), da Mediatonic.
A Microsoft já anunciou seus planos de estender o Xbox Play Anywhere para todos seus futuros jogos exclusivos, bem como a inclusão de games third-parties interessados na tecnologia. Assim, alguns jogos que em breve chegarão ao programa são:
  • Forza Motorsport 7 (XBO/PC), da Turn 10 Studios;
  • Terra-média: Sombras da Guerra (Multi), da Monolith Productions;
  • Cuphead (XBO/PC), da StudioMDHR;
  • Gwent: The Witcher Card Game (Multi), da CD Projekt RED;
  • Ori and the Will of the Wisps (XBO/PC), da Moon Studios;
  • State of Decay 2 (XBO/PC), da Undead Labs;
  • Crackdown 3 (XBO/PC), da Reagent Games;
  • Super Lucky's Tale (XBO/PC), da Playful Corp; e
  • Sea of Thieves (XBO/PC), da Rare.

Através do Xbox Play Anywhere, o jogador poderá comprar dois jogos pelo preço de um. Afinal, ele estará livre para jogar tanto no console quanto no computador, e usufruir de todas as vantagens da Xbox Live. Um sistema integrado que une todos os fãs.

Comodidade e facilidade

A intenção da Microsoft é, sem dúvida, muito inteligente ao criar o programa Xbox Play Anywhere. Através da tecnologia, o jogador tem a oportunidade de aproveitar seus jogos favoritos onde estiver, seja no Xbox One ou no Windows 10, com uma única compra.

Revisão: Diogo Mendes
Karen K. Kremer é mestre jedi em história pela UEPG e game designer pela Universidade Positivo. Viajante do tempo e cinéfila, considera Quantum Break uma obra-prima. Cresceu fazendo Meteoro de Pégasos e jogando videogame. Apaixonada por literatura, ilustração e dinossauros. Diz a lenda que com um bat-sinal no Twitter ou DeviantArt ela aparece.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook